terça-feira, 1 de março de 2011

Morreu Jane Russel

Jane Russell Tribute
*
Morreu Jane Russel, um dos sex symbols de Hollywood durante as décadas de 1940 e 1950. A sua fama cresceu, mesmo antes de a sua imagem chegar aos ecrãs. A puritana censura norte- americana reteve durante três meses a exibição do seu filme "The Outlaw", em que ela aparecia num palheiro com um decote "vertiginoso", um tempo suficiente e uma imagem idealizada apelativa, para alimentar o imaginário sensual de milhões de homens. Quando o filme começou a ser exibido, Jane Russel, cujo seu maior atributo artístico eram as curvas ousadas do seu corpo, já era uma consagrada vedeta do cinema.
Fez parte daquela geração de artistas cinematográficas, tal como Marilyn Monroe, com quem contracenou em “Os Homens Preferem as Loiras”, que contribuiu para a construção da idade de ouro do cinema de Hollywood, onde também a banalidade e a superficialidade das frívolas comédias musicais, em que Jane Russel participou, alcançaram uma invulgar popularidade em todo o mundo.
De qualquer maneira, a morte de Jane Russel simboliza uma época histórica do cinema, que não pode ser ignorada.