quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Um pedido de casamento "aéreo"

***
Assistente de bordo da TAP pedida em casamento durante voo
Uma assistente de bordo da TAP foi pedida em casamento pelo namorado durante um voo entre Lisboa e Barcelona e aceitou, como ficou documentado numa reportagem transmitida esta terça-feira pela SIC.
O namorado deslocou-se para um dos extremos do avião e, através da instalação sonora, comunicou a Vera Silva que estava a bordo porque "a amava muito" e queria pedi-la em casamento.
Do outro lado da aparelho da TAP, Vera Silva respondeu que aceitava o pedido, recebendo aplausos dos passageiros.
Após um curto passeio no avião, a dez mil metros de altitude, os dois selaram o compromisso com um beijo e um anel de noivado.
Correio da Manhã
***
Em boa verdade, Vera Silva, a assistente de bordo da TAP (antes designavam-se por hospedeiras, embora eu nunca tivesse chegado a compreender o que é que hospedavam), que é uma mulher bonita, mereceu ser elevada às alturas das nuvens. Assim ela saiba corresponder, depois, cá em baixo, à solicitude esperada e ao tamanho desta inédita surpresa.
Agora, à TAP, só falta organizar-lhe o casamento a bordo. E se a moda pegar, até pode explorar esta "janela de oportunidade" de negócio (não há nenhum gestor ou empresário, que se preze, que não recorra a este jargão), para tentar tapar o seu buraco financeiro.