sábado, 8 de janeiro de 2011

Um ano e meio de prisão para ex-deputado britânico

Um antigo deputado britânico foi condenado a 18 meses de prisão por ter apresentado despesas falsas no valor de 22 mil libras (26 mil euros). David Chaytor é, assim, o primeiro dos envolvidos no escândalo que em 2009 abalou a política britânica a ser punido pela justiça.
O tribunal deu como provado que apresentou ao Parlamento recibos falsos, a fim de ser reembolsado pela renda de duas casas que, na realidade lhe pertenciam, e por trabalhos de consultadoria informática que lhe foram oferecidos.
PÚBLICO
***
Cada vez me convenço mais da honestidade dos políticos portugueses.

Sem comentários: