sábado, 21 de maio de 2011

Too Short

*
Aqui, a linguagem fílmica também é exemplar. Só que a gramárica é outra. (ver, primeiro, o vídeo publicado anteriormente).

Sem comentários: