segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Governo criou 70 grupos de trabalho e comissões envolvendo 590 pessoas

O actual Governo de José Sócrates já criou 42 grupos de trabalho, 20 comissões, dois conselhos, dois grupos consultivos, uma coordenação nacional, um observatório e uma estrutura de missão desde que tomou posse no final de 2009. A pesquisa efectuada pelo PÚBLICO nos despachos publicados em Diário da República permitiu concluir que há grupos de trabalho que se sobrepõem a comissões, e comissões que se justapõem a outras e à actividade que deveria ser realizada por organismos e entidades já existentes na Administração Pública.
PÚBLICO
***
Só falta formar uma equipa de futebol!
Quando surge uma dúvida, o governo cria uma comissão. A comissão passa a mastigar as ideias, que vai produzindo. E quando as começa a ruminar, propõe ser necessário criar um grupo consultivo. E é de mastigação em mastigação e de ruminação em ruminação que o monstro vai crescendo e engordando, e sempre a pedir mais alimento. E no meio deste delírio surrealista, será melhor criar um observatório que avalie a utilidade das comissões e uma estrutura de missão que centralize todos os pareceres emitidos.
Quando se fala em racionalidade, em funcionalidade e na guerra ao desperdício, palavras recorrentes no discurso governamental, julgo que não é para se levar a sério. A realidade, que o jornalismo de investigação vai descobrindo, desmente a aplicação destes saudáveis princípios da boa gestão.