domingo, 3 de outubro de 2010

Governo compra Mercedes de 141 mil euros



O objectivo do Governo é receber as altas individualidades
estrangeiras e os convidados do Estado com dignidade e
cumprindo "as obrigações protocolares". O automóvel
utilizado até aqui era já em segunda mão quando foi comprado
em 1998 (um BMW 750 iLA), estava "tecnologicamente
desactualizado" e apresentava uma factura muito alta em
manutenção (desde 2004 já gastara 38.308 euros) e precisava
agora de uma intervenção de 23 mil euros. A decisão?
Optar por um novo.
PÚBLICO
***
Também o chefe do governo deveria ser abatido ao efectivo e substituído por um novo primeiro-ministro, adquirido através do sistema de leasing. É que o actual já está "tecnologicamente desactualizado" e começa a apresentar uma "factura muito alta" em despesas de manutenção.