quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Estudo sobre sexo oral dos morcegos vence Prémio IgNobel



Prémio IgNobel 2010 de Biologia, sobre
o lado mais divertido e disparatado da
Ciência, foi para estudo sobre sexo oral
entre morcegos. Galardão foi atribuído
pela revista "Anais da Investigação
Improvável".
Tudo o que você queria saber sobre o sexo
dos morcegos, como recolher o muco das
baleias, ou, ainda, uma maneira invulgar
de aliviar a dor humana, constam dos estudos
distinguidos na edição 2010 do prémio
IgNobel , uma paródia ao Nobel. Dez
investigadores foram apresentados como
vencedores numa cerimónia realizada no
Sanders Theatre da Universidade de Harvard,
EUA.
Sabia, por exemplo, que os morcegos fazem sexo
oral? Pois fazem. Assim o provou a equipa de
cientistas chineses liderados por Min Tan, do
Instituto Entomológico de Guandong - com a
participação de Gareth Jones da Universidade de
Bristol, Grã-Bretanha -, que acaba de receber o
prémio IgNobel na categoria de Biologia, com o
primeiro caso documentado de felação praticada
pelos morcegos.
Expresso
***
Eu não vos dizia, a propósito daquele rapaz que conseguiu fazer a proeza de meter a ponta da sua língua no seu próprio nariz, que existem inúmeras janelas de oportunidades a explorar num nicho de mercado em franca expansão? Até os morcegos já entenderam isto!