domingo, 15 de fevereiro de 2015

“Povo europeu luta unido contra a austeridade e solidário com a Grécia”


Este domingo foi dia de sair à rua em solidariedade com a Grécia. Em muitas capitais e cidades europeias houve manifestações contra a austeridade e de apoio à Grécia, contra a chantagem que a União Europeia exerce sobre o novo governo eleito. Veja as fotos das mobilizações (em atualização).

***«»***
"Eppur si muove!", dissera Galileu, depois de ouvir a sentença, em que fora condenado pelo Tribunal do Santo Ofício, por heresia, ao defender e propor cientificamente a teoria heliocêntrica. Nós também podemos dizer em relação à Europa: "e, no entanto, ela move-se"... A Europa começou a acordar e a recuperar a herança libertária e solidária, que parecia perdida, depois de mais de cinco décadas de franca prosperidade material, que viveu. Mas esse tempo acabou, devido aos desmandos do capital financeiro, que gastou dinheiro e energias, em benefício dos agiotas, dos bancos e dos políticos oportunistas, na aventura do jogo da especulação, e que, agora, queria que fossem os povos, através da dura austeridade imposta, a salvar o barco da tenebrosa tempestade.
A Grécia foi o primeiro país a demonstrar que o modelo europeu estava esgotado, assim como foram os gregos os primeiros a levantar-se contra a criminosa opressão. A Europa dos povos, ao contrário da Europa dos políticos do sistema, compreendeu o que estava em jogo. E começou a mexer. Já escolheu.