sábado, 7 de fevereiro de 2015

Jihadistas recrutam, escravizam e enterram crianças vivas no Iraque


As minorias são as principais vítimas. Há crianças muito pequenas usadas como bombistas suicidas ou escravas sexuais. Os radicais também decapitam e crucificam menores, diz a ONU.

***«»***
Nunca pensei viver num tempo em que estes crimes acontecessem e ficassem impunes! Soltaram-se todos os demónios do mal no mundo da barbárie. Depois disto, a Humanidade não será a mesma, pois envergonhar-se-á da infâmia.
É a descida ao inferno!...

Sem comentários: