domingo, 1 de fevereiro de 2015

Jordânia: "Matem o nosso piloto e matamos todos os vossos prisioneiros"


O governo da Jordânia respondeu à letra aos extremistas do Estado Islâmico, garantindo-lhes que se matarem o piloto que têm sob custódia, todos os prisioneiros jihadistas serão mortos em resposta.

***«»***
Já se chegou à fase do "olho por olho, dente por dente". A guerra está aí, à nossa porta, grotesca e brutal, no absurdo da banalização da morte e do festival do sangue, e com todos os seus tiques animalescos, a desfilarem perante os nossos olhos atónitos!...

Sem comentários: