quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Fotografias da memória: Homenagem em linha ascendente… [Poema]


João de Castro (poeta e dramaturgo) | avô paterno

João de Castro (poeta e dramaturgo) | avô paterno
Linhares de Ansiães

Idalina Alice Costa | avó paterna

Álvaro de Castro (poeta) | tio-avô paterno
Linhares de Ansiães

Guilherme Lopes Trigo e Maria da Conceição | avós maternos

Virgílio de Castro (estudante no Porto) | meu pai

Meu pai e minha mãe, Ana Júlia Lopes
(Carrazeda de Ansiães)
***«»***


escultura sem título de Roberto Aizenberg

Homenagem em linha ascendente…

Aos meus pais
Aos meus avós

Ainda não paguei a dívida da vossa dádiva.
Nem sei se a pagarei.
O pó do tempo dissolve-se na memória
e ainda sinto o veludo dos afagos
e o respirar das vossas vidas.
As palavras ainda são as mesmas
- as desenhadas pelas incandescências
do fogo dos vossos lábios
e pelo eco das ressonâncias das vossas falas.
E é assim que vos trago no meu peito
enquanto vou traçando as marcas do meu caminho…

Alexandre de Castro

Lisboa, Dezembro de 2014

8 comentários:

O Puma disse...

Abraço fraterno

Alexandre de Castro disse...

Obrigado, Puma. Também um abraço fraterno.

Sónia M. disse...

Já há muito que não roubava uns minutos ao tempo, para me sentar no "Alpendre", a olhar a lua. Esta "noite" sinto-a como uma das mais belas...

Uma linda homenagem.
Deixo um abraço.

Sónia M

Alexandre de Castro disse...

A lua é sempre bela, Sónia M, mesmo quando se esconde naquele momento, chamado Lua Nova, como se nascer fosse sinónimo de morrer.
Obrigado e um abraço.
Alexandre

Ideias Bazezas disse...

Olá primo Alexandre!
Fiquei com um sorriso no coração ao ver estas fotos que também tanto me dizem.. Obrigada pela partilha e continue a escrever ao som da lua! :)

Beijinhos
Cristina Castro

Cristina Castro disse...

Olá primo Alexandre!
Fiquei com um sorriso no coração ao ver estas fotos que também tanto me dizem.. Obrigada pela partilha e continue a escrever ao som da lua! :)

Beijinhos
Cristina Castro

Cristina Castro disse...

Olá primo Alexandre!
Fiquei com um sorriso no coração ao ver estas fotos que também tanto me dizem.. Obrigada pela partilha e continue a escrever ao som da lua! :)

Beijinhos
Cristina Castro

Alexandre de Castro disse...

Obrigado, prima Cristina.
Muitas felicidades para a tua carreira artística e profissional.
Beijinhos.