quarta-feira, 23 de junho de 2010

Um Poema ao Acaso: Improviso sobre uma liquidez de luzes... - Ademar



Improviso sobre uma liquidez de luzes...
.
Onde começam as tuas pernas brancas
que mergulham na água?
por que as abres assim
escorrendo folhas (ou serão líquenes)?
estou mais próximo da margem
não sei se acoste
se mergulhe contigo
a tua liquidez de luzes
convida-me à submissão dos lábios
e do olhar
sinto que me afogas o desejo
no fundo de tudo o que me escondes.
.
Ademar

Sem comentários: