sexta-feira, 15 de abril de 2011

Rómulo Machado no Congresso Xuxa-lista

Sugestão do Jorge Manuel Magalhães Ribeiro
*
O congressista socialista, Rómulo Machado, quebrou a unanimidade daquela patética entronização do chefe, ao acusar José Sócrates de ter conduzido o país para o abismo. Numa genuína manifestção da assumpção do pensamento único, que domina a estrutura dominante do Partido Socialista, aquela massa acéfala de fiéis militantes seguidistas vaiou ao rubro Rómulo Machado, que, com enorme coragem, não deixou intimidar-se.  

1 comentário:

Maria José Meireles disse...

Improviso em forma de decreto para afixar nos locais de culto...

Ser livre dá muito trabalho
nada melhor do que viver espreguiçado
no meio do rebanho
e dizer sempre o que se espera
da obediência.

Ademar Santos