domingo, 24 de abril de 2011

Nana Mouskouri -Je Chante Avec Toi Liberté


Nana Mouskouri encantou o mundo com a sua voz esplendorosa. Nascida em Creta, e tendo ido para Atenas, ainda na sua primeira infância, a sua vida não foi fácil. A muito custo, os seus pais custearam a sua entrada, assim como a da sua irmã, no famoso Conservatório de Atenas. Com a ocupação nazi da Grécia, durante a 2ª Guerra Mundial, as condições económicas deterioraram-se, e Nana Mouskouri só não deixou de ter aulas de canto, porque uma das suas professoras, reconhecendo o enorme talento da sua pupila, se prontificou a fazê-lo gratuitamente.
Aos 16 anos, ingressa naquele conservatório, para frequentar o curso superior de canto.
É pois uma voz trabalhada, a de Nana Mouskouri, o que explica a brilhante modulação musical que imprime às suas interpretações.
Herdando a militância política de seu pai, que enquadrou a resistência à ocupação nazi, Nana Mouskouri pertenceu ao movimento de oposição ao regime dos coronéis, e, após a restauração da democracia, ocupou o cargo de ministra da Cultura, num dos primeiros governos.
No ano passado, perante as duras medidas impostas à população pelo governo da Grécia, em obediência ao plano de intervenção da UE-FMI, Nana  Mouskouri assumiu uma atitude de grande dignidade, renunciando ao seu vencimento de deputada, o que, na altura, me levou a fazer o seguinte comentário:
Nana Mouskouri, uma cantora por quem sempre cultivei um enorme fascínio, ao assumir este gesto altruísta, o da renúncia à sua pensão de eurodeputada, a favor da sua Pátria, transcende a vulgaridade do nosso tempo, marcada pelo egoísmo e pela desmedida ambição pessoal, mesmo a que se obtém a qualquer preço. Que o gesto sirva de lição a todos aqueles que, em todas as partes do mundo, afirmam, muitas vezes em vão, estar ao serviço do seu país e do seu povo.

Sem comentários: