sábado, 21 de junho de 2014

Hollande junta vários líderes da UE em apoio a Juncker


Nove líderes da União Europeia, hoje reunidos em Paris pelo presidente francês, apoiaram a indigitação do conservador Jean-Claude Juncker para presidir à Comissão Europeia, após a vitória do Partido Popular Europeu (PPE) nas últimas eleições europeias.
Respeitamos as instituições europeias e o espírito das eleições e o partido com mais votos pode propor o seu candidato, neste caso Junker", disse o presidente francês, François Hollande, no final da reunião.
À reunião assistiram, além do presidente francês, os chefes do Governo de Itália, Bélgica, Roménia, Dinamarca, Eslováquia, Malta e República Checa, assim como o chanceler austríaco.

***«»***
Com socialistas destes... nem sei o que deva dizer!...
Um dirigente político de direita não faria melhor. Quem deve estar a rir-se às gargalhadas é a czarina alemã, que já pediu ao seu camareiro-mor o casaquinho branco à Hitler, para, ao espelho, poder dizer: A França já está no papo...
Hollande é a expressão mais eloquente da natureza e da volatilidade dos dirigentes dos partidos filiados na Internacional Socialista: Estão sempre do lado mais conveniente.
Falta-me saber se o camarada Hollande é uma referência inspiradora para António Costa e para António José Seguro.

Sem comentários: