quinta-feira, 1 de maio de 2014

Socialistas querem fazer "grandes transformações políticas"

Com tanta força, ainda esmagam o cravo

O cabeça de lista do PS às eleições europeias, Francisco Assis, disse hoje que os socialistas querem "introduzir grandes transformações políticas na Europa", caso consigam a maioria no Parlamento Europeu e um novo presidente da Comissão Europeia.
"Se dermos um contributo para ganhar na Europa, se tivermos uma maioria clara e a partir daí um novo presidente da Comissão Europeia, nós vamos induzir grandes transformações políticas na Europa", disse Francisco Assis, num encontro com sindicalistas para assinalar o 1.º de Maio, Dia do Trabalhador.
***«»***
Parece que o grande inspirador deste grandioso projeto do Partido Socialista Europeu é Peer Steinbrück, presidente do SPD da Alemanha (da família do PS), e um aliado indefectível da sua opositora, Angela Merkel, de quem foi ministro das Finanças, entre 2005 e 2009, sendo agora seu vice-primeiro-ministro, na atual coligação governamental. 
Peer Steinbrück veio recentemente a Portugal, dar uma mãozinha a A.J. Seguro, que lhe inveja a sua personalidade camaleónica e o seu comportamento de molusco. Possivelmente, ambos alinhavaram o tal projeto revolucionário, de que, agora, Francisco Assis fala. Angela Merkel, em silêncio, apoia com incontida satisfação a capitulação dos socialistas europeus e a de A.J. Seguro, que assim, de uma forma sub-reptícia e enganadora, abraçam o seu plano diabólico de impor a austeridade aos países do sul da Europa.