terça-feira, 20 de maio de 2014

Ordem dos Médicos ameaça cortar relações com o Ministério da Saúde


Em causa está o Código de Ética criado pela tutela, que impede os médicos de divulgar qualquer informação que afecte ou ponha em causa a imagem da instituição onde trabalham.
RTP (ver vídeo)

***«»***
Depois do Código de Ética, virá a censura e, a seguir, uma nova PIDE. 
Dentro do sistema, são os profissionais de saúde os únicos agentes que, com conhecimento de causa, poderão denunciar as irregularidades e as insuficiências do SNS, para o qual existe, da parte do governo, um plano de descaracterização para lhe reduzir as funcionalidades mais importantes, com o objetivo de, posteriormente, entregar aos privados os setores mais lucrativos.
É urgente desencadear a revolta popular, tal como sugere o Bastonário da Ordem dos Médicos, a fim de manter e melhorar o SNS, que é a melhor instituição para garantir a prática de uma medicina, com um elevado padrão de qualidade e com um comportamento profissional, deontologicamente correto.