quinta-feira, 8 de maio de 2014

Assis remete alianças com PSD para depois das legislativas


«O cabeça de lista do PS às europeias, Francisco Assis, defendeu hoje que "este não é o momento" para determinar uma eventual política de alianças com o PSD, considerando que é preciso "esperar pelos resultados das legislativas".»

***«»***
O leitor já fica a saber. A hipótese de o PS de António José Seguro vir a fazer uma aliança, depois das eleições de 25 de Maio, com o partido que, agora, tanto critica, o PSD de Passos Coelho, acusando-o de ter arruinado o país (o que é verdade), não foi ainda descartada, o que revela da parte do PS uma grande incongruência entre o que afirma, para caçar votos, e o que deseja fazer, para se enquadrar no pensamento dominante do neoliberalismo europeu, seguindo assim o exemplo pouco dignificante do PS francês e do SPD alemão (da sua família política). 
É devido a este tipo de comportamento grosseiro e pouco sério, de prometer o céu e depois criar o inferno, que os portugueses acreditam cada vez menos nos políticos. E têm razão. Durante estes quarenta anos de democracia, o PS e o PSD foram cúmplices de uma mesma política, orientada para o benefício da classe dominante. Os resultados estão à vista e os seus dirigentes bem podem limpar as mãos (cheias de merda) à parede.
Por isso, o leitor que está a ler estas linhas já fica a saber que, se votar num daqueles partidos (o PS ou o PSD), é também cúmplice de uma política que irá empobrecer ainda mais o nosso país. Depois não venha para aqui queixar-se.

3 comentários:

Ana disse...

Tem toda a razão. O mais certo é a população deixar-se enganar por estes abutres...Infelizmente, muita gente acredita nas promessas que eles fazem...uns por ignorância, outros para ir atrás do tacho. E, assim vamos continuando na m....

Alexandre de Castro disse...

Temo que o resultado das eleições possa vir a desmotivar as pessoas. A manipulação da opinião pública, quer através do PSD, quer através do PS está a revelar-se letal.

Anónimo disse...

Mas qual acordo qual carapuça. Mas nestes últimos 4 anos alguma vez o psd e o cds quiseram fazer qualquer acordo de futuro? O que sempre tentaram fazer foi que o ps assinasse de cruz as propostas deles. Então se psd e cds querem acordo, façam-se eleições legislativas já e o acordo sai dessas eleições. É que em DEMOCRACIA os direitos e os deveres são iguais para todos e existem mais partidos... Vai enganar outro!! A mim não me comem mais por ot+ario.