sexta-feira, 3 de junho de 2011

Não votar nos partidos do arco da traição é uma medida da Higiene Pública




Transcrevo um comentário que deixei num blogue de um amigo:
"Votar nos partidos do arco da traição significa legitimar a abjecta intervenção da troika e passar uma esponja por um passado de políticas erradas e erráticas, conduzidas por políticos desonestos e incompetentes. Votar no PS, PSD ou CDS é condenar Portugal à miséria e subordiná-lo à feroz ditadura do capitalismo financeiro internacional. Votar num desses partidos é repetir o filme da Grécia, cujo povo está condenado a um sofrimento atroz, sem um fim à vista, e que, isoladamente, não poderá libertar-se da chantagem da UE".
Alexandre de Castro