quarta-feira, 1 de junho de 2011

Leonard Cohen vence Prémio Príncipe das Astúrias das Letras



Leonard Cohen foi distinguido com o Prémio Príncipe das Astúrias das Letras. O compositor e intérprete canadiano foi também nomeado para o Prémio Príncipe das Astúrias das Artes pelo seu trabalho como músico.
O júri constituído pelos escritores Andrés Amorós, Juan José Armas Marcelo, Fernando Sánchez Dragó e Berta Piñán e pela directora do Instituto Cervantes, Cármen Cafarell, destacou a riqueza das letras das músicas de Cohen, assim como os seus trabalhos e livros publicados.
PÚBLICO
***
A minha singela homenagem a Leonard Cohen
"De uma carta que escrevi a uma amiga sobre Leonard Cohen:
O percurso de Leonard Cohen é apaixonante, e eu, confesso, não o conhecia. Judeu, canadiano, educado por mulheres, um pai ausente, brilhante aluno no liceu, culto e inteligente, iniciou a sua actividade intelectual como poeta, atingindo alguma notoriedade. Depois, abandonou os poemas, que não lhe sustentavam a vida, e inicia a sua brilhante carreira musical, como compositor e intérprete. Viciou-se nas drogas e amou obsessivamente algumas mulheres, principalmente Marianne, a quem dedicou uma das suas emblemáticas canções".

Sem comentários: