quinta-feira, 16 de junho de 2011

Futuros magistrados apanhados a copiar tiveram todos dez


Indícios de que 137 auditores que estão no Centro de Estudos Judiciários (CEJ) a formarem-se para serem magistrados copiaram num teste levou à anulação do exame. Face à impossibilidade de encontrar uma data para repetir o teste a direcção da instituição decidiu atribuir nota dez a todos os futuros magistrados.
a direcção do CEJ decidiu, por unanimidade, “anular o teste em causa, atribuindo a todos os auditores de Justiça a classificação final de dez valores” em Investigação Criminal e Gestão do Inquérito. Luís Eloy considera que esta foi a solução mais equilibrada, já que estamos no fim do ano lectivo e já havia outros exames marcados, o que impedia a repetição deste teste.
PÚBLICO
***
Pelos menos, eu tenho a certeza que estes futuros magistrados vão ser capazes de resolver os problemas da justiça, começando a copiar, para cada processo judicial, os acordãos dos processos mais antigos. Poupa-se tempo e dinheiro. E ainda dizem que os portugueses não têm capacidade para inovar!

3 comentários:

Anónimo disse...

E como os casos judiciais sentam precedente, pode-se começar a aplicar isso em todas as escolas e universidades...

Anónimo disse...

Isso era o que eles queriam, mas lixaram-se e vão ter de repetir a prova. É só bons exemplos||||

Anónimo disse...

Isso é que era bom, mas lixaram-se e vão repetir a prova!!
Escolas de virtudes e Bons Exemplos