segunda-feira, 13 de junho de 2011

Gestos que marcam a vida de uma mulher de fibra!


Christine Lagarde, no momento em que respondia a um jornalista, que lhe perguntou se, caso fosse eleita presidente do FMI, estaria na disposição de facultar um empréstimo extra a Portugal, com um juro baixo.
O jornalista em questão ainda não se refez do susto, confessando que, naquele momento da entrevista, ele não sabia aonde poderia aquele dedo ir enfiar-se. É que quem tem cu, tem medo, rematou.