terça-feira, 28 de maio de 2013

O Planeta Terra és Tu

Amabilidade da minha irmã Helena
*
O Homem nega-se a si próprio ao provocar uma desapiedada delapidação do planeta. Os demónios que governam tentacularmente o mundo negligenciam o Ambiente, confiando o seu destino à força cega dos mercados e aos desígnios do lucro fácil. Com a globalização não controlada da economia, perdeu-se o sentido de equilíbrio entre o Homem e a Natureza, equilíbrio este que norteou durante milénios a Humanidade. As futuras gerações irão pagar muito caro os desmandos ambientais que estão a ocorrer no nosso tempo, a que se juntam as trágicas repercussões da atual crise mundial. A uma ferida profunda junta-se outra, para agravar a infeção.      

Sem comentários: