quinta-feira, 1 de novembro de 2012

GASPAR VOLTA A ATACAR

Miguel de Vasconcelos teve o qiue mereceu
Gaspar foi destacado pela Troika como uma espécie de administrador de insolvências, cuja função é administrar a “massa falida” para proteger os interesses dos credores e não os do devedor.
Não defendo que Portugal deixe de pagar o que deve. Mas há várias maneiras, condições, taxas de juro e prazos possíveis para pagar. Um verdadeiro ministro das Finanças de Portugal tem por missão defender os interesses de Portugal junto dos credores e não os interesses dos credores junto de Portugal. Ora Gaspar e o Governo de que é Super-Primeiro Ministro vêm fazendo exatamente o contrário. E, não contentes com isso, ainda insultam os portugueses.
António Horta Pinto
Blogue Ponte Europa
***«»***
Não consigo encontrar paralelo na História de Portugal de um governante tão pérfido como Gaspar. Talvez, apenas, o Miguel de Vasconcelos, em 1640. Mas este teve o destino que mereceu...