sábado, 17 de julho de 2010

O "Infanticídio" prossegue...

O ministro da Presidência afirmou hoje que o Governo
está a reavaliar o calendário para a concretização dos
cheques-bebé, medida que já não será introduzida este
ano em virtude das circunstâncias financeiras do país.
Confrontando com estas críticas da oposição sobre a
concretização dos chamados cheques-bebé – medida que
consta do programa do Governo - , Pedro Silva Pereira
referiu no final do Conselho de Ministros que as contas
poupanças futuro tiveram desde sempre uma previsão de
aplicação no final deste ano, não havendo como tal qualquer
atraso na sua execução.
PÚBLICO
***
Para além do desnorte, que já grassa em todos os ministérios, o ministro insiste em considerar os portugueses ignorantes e imbecis. Por um lado afirma que a medida (os cheques-bebé) já não será introduzida este ano, para, depois, com uma enorme desfaçatez, acrescentar que não houve "qualquer atraso na sua execução".
http://publico.pt/Política/governo-esta-a-reavaliar-calendario-para-o-comeco-do-pagamento-do-chequebebe_1447451