terça-feira, 1 de abril de 2014

Passos Coelho não sabe se a História o absolverá


O primeiro-ministro português admitiu não saber se a história o absolverá das opções que tomou como governante, e assumiu que "a maioria dos portugueses", incluindo ele próprio, "não gostou das medidas difíceis" do seu governo.
Não sei", disse Passos Coelho, quando interrogado sobre se a história o absolverá, numa entrevista publicada hoje pelo diário O País, de Maputo.

***«»***

A História, certamente, não o absolverá... Ficará conhecido como uma das mais sinistras figuras da História de Portugal, por ter condenado um povo à miséria, à fome e à escravidão financeira, comprometendo, com a sua política de terra queimada a sustentabilidade futura e a independência da nação portuguesa. Ele está a ser o intérprete e o executor dos desígnios do novo imperialismo alemão e dos parasitários grupos económicos nacionais.

2 comentários:

Mar Arável disse...

Pergunte ao pai

Alexandre de Castro disse...

Apesar de ser de direita, o pai parece ter melhor bom senso do que o filho.