sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Adeus privacidade!...

O Mobileca vem revolucionar o relacionamento entre as pessoas
A Nokia e o Google acabam de anunciar o seu mais bem guardado segredo no domínio dos telemóveis. Nos sites oficiais destas duas empresas, acaba de ser anunciado o lançamento, em Janeiro do próximo ano,  do Mobileca, um telemóvel clássico, mas que tem a capacidade,  digitando o respectivo número, de localizar, através do sistema GPS, qualquer telemóvel, em qualquer parte do mundo, desde que esse telemóvel se encontre activado, e, ao mesmo tempo, caso se faça a acoplação de uma câmara vídeo, desenvolvida pela Nikon, filmar todo o horizonte visível (360 graus) a partir desse mesmo telemóvel.
A utilização deste revolucionário telemóvel, que vem ameaçar seriamente a privacidade dos cidadãos, foi facultado à CIA, a título experimental, durante dois anos, e foi através da sua utilização que foi possível capturar e assassinar Bin Laden, no Paquistão. A CIA conseguiu identificar o número de um dos telemóveis, utilizados pelo líder da Al Qaeda, e, a partir daí, o Mobileca filmou todos os seus passos e movimentos. As panorâmicas recolhidas, quando Bin Laden vinha a uma varanda e utilizava o telemóvel, permitiram identificar a localização exacta da sua casa clandestina. Depois, foi todo um laborioso trabalho para recolher imagens interiores e reconstituir a disposição sequencial de todas as suas divisões. Numa dessas operações de recolha de imagens, à distância de milhares de quilómetros, através da câmara do Mobileca, até foi possível filmar uma cena de sexo de Bin Laden com uma das suas três mulheres, que viviam com ele. O site da Nokia até ironiza com o tamanho do pénis do inimigo número um da América, afirmando que era mais pequeno do que o normal, e que fazia uma curvatura, quando erecto. 
Inicialmente, o projecto comercial do Mobileca, assentava na sua venda sigilosa às polícias secretas de três países da NATO, não identificados na notícia, mas como as contrapartidas financeiras dos respectivos governos não eram compensadoras, a Nokia e a Google resolveram promover a venda do Mobileca para o público em geral, o que irá provocar muita celeuma, já que a privacidade das pessoas fica em perigo permanente, desde que o utilizador tenha o seu telemóvel activado.
Para aguçar o apetite, e antes de ser lançada a gigantesca campanha publicitária, nos países onde o Mobileca vai ser posto à venda, os sites da Nokia e do Google facultam (provisoriamente) o endereço, transcrito no final deste texto (o leitor também o poderá encontrar na página do seu perfil do Google, clicando em "Contas associadas), que conduz à página "trackApartner", concebida para o efeito, onde qualquer pessoa pode fazer uma experiência real, como se estivesse a utilizar o Mobileca e a sua câmara de vídeo. Obrigatoriamente, terá sempre de utilizar-se o indicativo do país (em Portugal é o +351), e, de seguida, no quadro próprio, digitar-se o número de telemóvel, que se pretende contactar.
Por uma questão ética e moral, e a fim de não sermos acusados de estar a aconselhar a devassa da privacidade das pessoas conhecidas, aconselhamos o leitor a não ligar para familiares e amigos. Escolha aleatoriamente um número de telemóvel (Indicativo do país + um número com nove dígitos).   
http://www.trackapartner.com/