quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Basílio Horta diz que a novidade da política de crescimento foi anúncio “cluster do pastel de nata”

O deputado do PS Basílio Horta criticou nesta quinta-feira a ausência de uma política de crescimento económico, ironizando que a última novidade desta área é o anúncio do “cluster do pastel de nata”.
Depois de uma declaração política no plenário da Assembleia da República do social-democrata Pedro Pinto sobre o crescimento económico, o deputado socialista Basílio Horta recuperou afirmações do ministro da Economia de hoje de manhã, quando Álvaro Santos Pereira defendeu que o caminho para a internacionalização das empresas portuguesas passa pela afirmação dos produtos nacionais, dando como exemplo os pastéis de nata.
“O ‘cluster’ do pastel de nata, o ‘cluster’ do frango” é a última novidade que foi anunciada”, gracejou Basílio Horta, que contrapôs algumas das ‘conquistas’ do último Governo socialista de José Sócrates, como o facto de ter trazido para Portugal a Embraer ou o Ikea.
PÚBLICO
***
E o cluster dos jaquinzinhos? E o cluster de tripas à moda do Porto? E porque não, recuperar o galo de Barcelos? Todos estes produtos têm elevada tecnologia incorporada, logo, muito valor acrescentado. Outra ideia que vivamente aconselhamos ao ministro da Economia, o já célebre Álvaro, seria apostar no cluster da cera para velas. 
Não há dúvida. A Assembleia da República está a exibir os melhores espetáculos de revista à portuguesa do país, que rivalizam em comicidade com as do velhinho Parque Mayer. E com uma vantagem acrescida: não se paga bilhete.
http://www.publico.pt/Política/basilio-horta-diz-que-a-novidade-da-politica-de-crescimento-foi-anuncio-cluster-do-pastel-de-nata-1528812

2 comentários:

Sónia M. disse...

Alexandre, com o único que não concordo, é com a vantagem acrescida de não se pagar bilhete. Os portugueses pagam e bem, por este tipo de espetáculos.

Alexandre de Castro disse...

É verdade, Sónia. Pagamos um bilhete bem caro, para ver o circo. E o geverno não se esquece de aumentar o seu preço, todos os anos.
Obrigado, pelo seu comentário.