quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Poema: RELÓGIO DE GRITOS - por maria azenha

pintura de Valdemar Ribeiro

RELÓGIO DE GRITOS

um homem vive às escuras
só um relógio de gritos
o
pode 
puxar

ou seremos amantes de olhos fechados
com lâmpadas nos dedos
para 
poder 
pintar?

in " Symbolos", 2002

A "poeta" Maria Azenha colabora neste blogue, publicando-se um poema de sua autoria, às quintas-feiras.