sexta-feira, 25 de setembro de 2015

CAÑONES EN EL CONCIERTO La famosa obertura 1812 de Tchaikowsky.





Reprodução parcial

Verdadeiramente empolgante, a combinação harmónica dos acordes de todos os grupos instrumentais, a elevarem-se aos céus, como as agulhas das torres das catedrais góticas, e a crescerem numa marcha triunfal alucinante, ao som dos sinos e dos tiros dos canhões, para saudarem a vitória dos exércitos.

[Publicação inspirada num álbum de fotografias de Tchaikowsky, enviada pelo meu amigo João Fráguas)

Sem comentários: