quinta-feira, 17 de maio de 2012

Médico que espiava WC não vai a tribunal

O neurocirurgião luso-brasileiro Guilherme Machado, de 36 anos, que confessou ter colocado uma microcâmara no WC do serviço de Neurocirurgia do Hospital de Viseu, vai sair impune.
O caso remonta a julho do ano passado, quando a câmara de pequenas dimensões foi apreendida por agentes da PSP que se deslocaram ao hospital na sequência de uma chamada de um funcionário que alertou para o que julgou tratar-se de um engenho explosivo, no interior do autoclismo. O médico acabou por confessar a colocação da câmara e foi constituído arguido a 31 de agosto.
Agora, o MP mandou arquivar o processo porque, de acordo com os exames efetuados pela Unidade de Telecomunicações e Informática ( UTI) da PJ "não se apurou que o arguido tenha captado ou gravado imagens de qualquer pessoa ou do espaço intimo onde foi encontrado o equipamento apreendido", lê-se no despacho.
Jornal de Notícias
***§***
O médico de Viseu teve sorte. No dia em que proferiu o despacho, o magistrado do Ministério Público tinha acordado de barriga para o ar.
Na realidade, as subtilezas da justiça portuguesa são um admirável exercício de contorcionismo intelectual, que ultrapassa a compreensão de um simples mortal. Há dias, tive de desistir da leitura de um acordão do Tribunal Constitucional, tal era a sinuosidade do texto, que, por mais voltas que lhe tivesse dado, cada vez ficava mais retorcido e incompreensível. A única conclusão, a que cheguei, não me deixou tranquilo, pois atravessou-se-me a ideia de que os doutos juízes estavam apenas a tentar justificar o injustificável. E eu já não sei se o estado lamacento da justiça portuguesa, que manda para a prisão quem rouba um pão e isenta de culpa quem rouba milhões, se fica a dever à venalidade dos agentes da justiça, ao compradio por afinidades políticas e ideológicas ou se à imperfeição das leis, que foram elaboradas, e disso não tenho dúvidas, para proteger os poderosos e castigar severamente os mais fracos. 
http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Viseu&Concelho=Viseu&Option=Interior&content_id=2526996

Sem comentários: