sábado, 19 de outubro de 2013

Estamos todos convocados!...


Estamos todos convocados!...

A ponte vai mesmo estremecer! E as ondas de choque do terramoto humano do protesto vão fazer abanar o país. Até o defunto de Santa Comba vai saltar do caixão. A ponte não é apenas uma passagem. Vai entrar no universo mitológico da luta dos trabalhadores portugueses. Ulisses virá na sua barca contemplar a maravilha. E os sismógrafos do Terreiro do Paço vão ficar avariados.
Ainda não chegámos ao Carmo nem à Trindade. Mas vamos a caminho. E o caminho faz-se caminhando, como dizia o poeta espanhol Antonio Machado. Não podemos baixar os braços perante a calamidade que nos atingiu. E esta luta já está a fazer o apelo ao dever patriótico, ao qual eu não me esquivo. É a nossa independência como país que começa a estar em perigo.
Estamos todos convocados!

Sem comentários: