quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Trump que se cuide…


Na primeira conferência de imprensa desde que foi eleito, o Presidente eleito dos EUA, [Trump] diz que se o Kremlin tivesse informação sensível sobre si a tinha divulgado. "Se Putin gosta de Trump, óptimo, é uma vantagem", disse.
***«»***

Trump que se cuide…

Sabendo-se que a CIA, o FBI e a NSA não morrem de amores por Trump, devido, entre outras coisas, ao seu perfil heterodoxo, que não se coaduna com a convencional postura presidencial norte americana, é muito possível que estejamos a assistir a uma montagem cabalística, para o derrubar ou para o domesticar, pois é muito estranho que essas informações comprometedoras, na posse dessas agências, tivessem chegado à praça pública. A CIA, principalmente, que se alcandorou, devido às políticas intervencionistas dos anteriores presidentes, ao estatuto de um Estado, dentro do Estado, perderá importância e poder, se Trump, tal como anunciou, optar em politica externa, por uma política isolacionista, abdicando de andar a provocar guerras, directamente ou por encomenda, no Médio Oriente e em outros países, considerados vitais para os interesses dos EUA.
Se esta minha tese estiver certa, então, Trump irá ter o mesmo destino de Kennedy, que foi assassinado pela mão oculta do FBI.
Alexandre de Castro
12 JAN 2017

1 comentário:

Alexandre de Castro disse...

Os EUA necessitam sempre de um inimigo externo, seja ele inventado ou "fabricado".