domingo, 20 de dezembro de 2015

Em Espanha, perderam os partidos da alternância e ganharam os partidos emergentes...


Parece que, de Espanha, veio um bom vento... Esperemos que também venha um bom casamento...
Politicamente (não aritmeticamente), o Podemos foi o grande vencedor das eleições espanholas. O PSOE foi o grande derrotado. O PP, apesar de ser o partido mais votado, também perdeu. Perdeu a maioria absoluta e arrisca-se a ser excluído, pelas outras forças partidárias, de uma qualquer solução governativa.
O PP perdeu um terço de deputados, em relação às eleições de 2011, e o PSOE teve o pior resultado de sempre. O castigo infligido pelos eleitores aos partidos da alternância foi severo. Os espanhóis, claramente, votaram contra a austeridade e contra o enfeudamento da Espanha, em relação às instâncias europeias.

Sem comentários: