segunda-feira, 27 de junho de 2016

Espanha: Pablo Iglesias admite resultados insatisfatórios


Espanha: Pablo Iglesias admite 
resultados insatisfatórios

O candidato da coligação de esquerda Unidos Podemos à chefia do governo espanhol, Pablo Iglesias, admitiu hoje que os resultados eleitorais não são satisfatórios e não cumprem as expetativas criadas.

***«»***
Foi uma autêntica desilusão, caros amigos e amigas! Há quem diga que o Brexit influenciou negativamente os resultados da esquerda, quando eu julgava que esse efeito poderia ser positivo. Eu, para mim, tenho duas explicações para este desastre eleitoral: 1º). A cultura do medo funcionou. 2º) Pablo Iglésias, depois das eleições de Dezembro, começou a ser mais actor do que político. O seu super-ego traiu-o.
De imediato, perdeu-se a maior parte do capital político, que se gerou a partir das grandes manifestações de 2012.
Mas a luta continua!...

Sem comentários: