quinta-feira, 21 de abril de 2016

Hier encore (legendado)


Onde estão os meus vinte anos? Descontraidamente, o tempo correu, como a corrente de um rio, sem me aperceber que as margens mudavam de cor, todos os dias. Não podes banhar-te duas vezes nas mesmas águas de um rio, disse Heráclito, de Éfeso, filósofo da Grécia Clássica, o pai da Dialéctica.
Vozes sublimes, que encantam.Sonoridades densas, que embalam os sonhos. Uma canção que deslumbra e emociona. 
Mergulhei na embriaguez da saudade... Resta aprender "a acariciar o tempo e brincar com a vida"...

Sem comentários: