segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Le Pen dá os parabéns a Salvini


 Le Pen dá os parabéns a Salvini

Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, já deu os parabéns ao líder do considerado partido-irmão da força extremista gaulesa, a Liga do Norte. Além dos parabéns dados a Matteo Salvini, Le Pen aproveita ainda, num outro post publicado no Twitter, para considerar que "os italiano renunciaram à UE e a Renzi". A Liga do Norte defende o regresso à lira italiana e a saída do projecto europeu.
Jornal de Negócios
***«»***
Regozijo-me com os resultados de referendo em Itália, por ver neles uma abertura de oportunidades para, num futuro próximo, poder desarmar-se a ditadura do euro, que é um verdadeiro torniquete para as economias dos países do sul da Europa. Mas, por outro lado, preocupa-me o facto de verificar que, na generalidade dos países, com excepção de Portugal, de Espanha e da Grécia, o processo está a ser conduzido pelas forças da extrema-direita xenófoba e fascizante, o que é um mau sinal para o futuro. E a culpa não é desses partidos. A culpa tem de ser assacada, por inteiro, a todos os dirigentes governamentais europeus e a todos os altos funcionários das estruturas da UE, que, através do euro e da centralização de poderes soberanos, extorquidos aos países membros, quiseram construir uma Europa desigual, facilitando o saque dos países do sul da Europa, pelo capital financeiro dos países dominantes (a Alemanha e a França). E os povos, embora tardiamente, começaram a perceber a engenhosa armadilha que proporcionou o enriquecimento dos mais ricos, à custa do empobrecimento dos mais pobres.
AC