terça-feira, 27 de março de 2012

Campas de combatentes portugueses degradadas

O adido de Defesa da Embaixada portuguesa em Paris disse à Lusa que as 44 campas de combatentes portugueses na I Guerra no cemitério de Boulogne-Sur-Mer, no Norte de França, estão "em grande estado de degradação".
Existe, em Boulogne-Sur-Mer, um cemitério militar onde estão sepultados 44 portugueses. As campas, a par do memorial aos combatentes, cuja manutenção cabe ao Estado português, estão em "estado de grande degradação", diz. Há campas onde "já não é possível ler os nomes" e algumas em que o granito "ameaça partir-se".
Diário de Notícias
***&***
A crise já chegou aos mortos!...

2 comentários:

Sónia M. disse...

Alexandre, eles não querem saber dos vivos, como vão querer saber dos mortos?!
Beijo
Sónia

Alexandre de Castro disse...

Eu diria mais, Sónia: Eles já estão a matar os vivos.
Beijos