quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Opinião: O Tirano - por Santana Castilho


Nenhuma circunstância permite a um político maltratar pessoas. Mas Nuno Crato ofendeu a dignidade profissional de milhares de professores. Fez sofrer inutilmente as suas famílias. Ultrajou o trabalho dos que preparavam o ano lectivo. Tratou grosseiramente o interesse da escola pública, dos pais e das crianças. As duas últimas semanas foram devastadoras e trouxeram-nos uma prática governativa mais perversa e iníqua que a pior do pior tempo de Maria de Lurdes Rodrigues. A seriedade intelectual de Nuno Crato em matéria de Educação implodiu definitivamente".
Santana Castilho, professor do Ensino Superior
PÚBLICO (01 Ago, 2012)