terça-feira, 16 de abril de 2013

Poema: Um olhar sobre o teu... - por Sónia M

Cátia Rodrigues - "Olhares"
Acrílico o sobre tela montada em laminado preto (194 x 128 cm) 

Um olhar sobre o teu...

Ainda me conheces?
Vejo-te perdido num labirinto secreto.
De cada passo teu, irrompem outros que te afastam.
Nos teus olhos trazes todos os desejos do mundo!
Sei que procuras o caminho que te traga de volta.
Talvez seja ainda a minha voz,
esse sussurro,
que te guia na penumbra da noite.
Desconheces-me tanto agora!
As tuas palavras tornam-se sílabas sem nexo, amordaçadas,
neste tempo de solidão acompanhada.
E bebo desse teu olhar perdido, sem de vista te perder.
Esta noite disfarço-me de sombra
e quando a luz do luar atravessar a janela do quarto,
irei apresentar-me a ti, dizendo o meu nome, uma e outra vez...
Amor...Amor...Amor...Amor...
Irei repeti-lo até ficar gravado nas tuas entranhas.
Irei repeti-lo até que me reconheças e me abraces novamente,
como quem abraça a vida!

Sónia M

Nota: Ler este poema é como olhar, maravilhado, para uma catedral gótica. Sublime, no seu contexto e no seu enquadramento. Sónia M tira todo o partido da luminosidade da palavra, dando sentido ao seu intenso labor poético, que aqui partilha. Estamos em presença de um poema de amor, que merece estar em todas as antologias.
Parabéns, Sónia M.

A colaboração da "poeta" Sónia M neste blogue passará a ser periódica, publicando-se um poema seu, todas as terças feiras.