sexta-feira, 15 de março de 2013

Poema: Para um amigo - por Sónia M


Para um amigo
trago o meu ombro
um arco-íris pintado
no chão dos pássaros

do poço da alma
emergem trémulos
restos de ternura esquecidos
a cair em êxtases de luz
no chão dos teus silêncios...

Sónia M

Nota: Poema sublime, de uma grande riqueza metafórica. "Chão de pássaros", "chão dos teus silêncios" "êxtases de luz" são metáforas de uma grande eloquência. Gostei muito.

Sem comentários: