segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Poema: O Falcão Azul!! (dedicado a uma princesa) - por Olímpio Alegre Pinto


O Falcão Azul !!

A uma Princesa

- Ele, o do olhar luzente!
Que enfrenta de frente
E defronta
Em todo o fulgor...
O brilho ofuscante
A Luz intensa
Queimante, penetrante...
- A do Sol resplandecente!

- Ele, o do olhar indomável!
O do fio mais fino
Da espada cortante!
-Do gume cantante!

- Ele, o mais veloz!
Na Terra e no Céu!
- O do voo vibrante
Rasgante
Fulgurante!

- Ele, o do Coração pulsante!
Ansiante
Amante!
- O vencente da Víbora serpente! ...

Baixa o olhar
Quer as asas fechar
E em vertigem siar
E sua Alma encantar
- Em seu último Lar...

Em caverna profunda
No escuro sem luz, sem ar...
No sufoco vazio...
De pedra coberto...
- Sem mais respirar!

Por muito querer
Mas nunca poder...
Não mais alcançar
Sua Estrela Polar...
Ausente, candente
Ardente...
Sempre presente...

Em Alma carente.
Olímpio Alegre Pinto

Sem comentários: