sábado, 16 de junho de 2012

Apenas sussurros gravados no vento…- Poema de Sónia Micaelo*


Apenas sussurros gravados no vento…

Não sei qual o dia em que me sorriste
se a tua boca desconheço.
Procuro a palavra que disseste
que meus ouvidos nunca ouviram.
Qual terá sido o abraço apertado
que de ti nunca tive
que hoje de alento me enche?
Será a obra escrita do que chamamos destino?
Alguns sussurros gravados no vento
com a mesma tinta com que hoje te escrevo
-Que bom haver-te encontrado, sem nunca te ter visto!

Sónia Micaelo

* Poema inédito, oferecido pela autora ao Alpendre da Lua.

7 comentários:

Sónia M. disse...

E é tanto o que se vê de olhos fechados!

Um grande beijo Alexandre :)

Sónia

Maria disse...

É realmente bom, encontrar por aqui pessoas...sem nunca as ter visto. Neste mundo virtual, há também que aprender a caminhar, dividir o trigo do joio e aproveitar o bom das pessoas e não só, tenho aprendido muito por aqui, onde entrei para conseguir ensinar (neste caso, o meu filho em pequeno). O meu lema é, se possível "não desistir", mas também "não abusar" e sobretudo não "me arreliar".

Beijo Alexandre e um beijo à autora de mais um bonito Poema, Sónia Micaelo

olimpio pinto disse...

Apenas gritos gravados na pedra...

Sempre te sorri
Desde que, um dia, te conheci...
Disse-te algumas palavras
Em sussurros, sem som, - só visto...
Mais do que abraço, que ainda não tiveste
Foi enlace, sim, estremecido!
Graças! Se deu alento...
Do outro lado, há sofrimento.
Sim! É a escrita do destino!
Gravados na pedra, são gritos em silêncio.
Foi um dom, como nunca foi visto!

Alexandre de Castro disse...

A Sónia vai, de certeza, ficar encantada e orgulhosa com os contributos, neste espaço, da Maria, a quem dou as boas vindas, e do Olímpio, um colaborador deste blogue, a quem envio um abraço.
À Sónia, uma notável poeta, que veio honrar com a sua presença este blogue, deixo-lhe aqui o meu sincero reconhecimento.

Eu.....Suzana disse...

Sonia, que posso eu ainda te dizer se amei do início ao fim? Simplesmente belo!!! Beijos para ti.

Sónia M. disse...

A Sónia fica realmente grata e encantada com tanto encanto!!

Um bem haja a todos!

Sónia

mariagomes disse...

Bom poema! Obrigada!