domingo, 20 de maio de 2012

E de novo me envolve a noite! - poema de Sónia Micaelo*


E de novo me envolveu a noite!

E de novo me envolveu a noite!
Este meu lado escuro...
Não adianta tateares na penumbra...
Sou apenas eu...aqui quieta
usando o silêncio ao invés da palavra.
Sumi com a última luz do dia.
Às vezes também me escondo
Pinto de preto a minha ousadia.
Em resguardo...esvaneço...
Mas nem por isso te esqueço,
sossega...
Todo o inicio tem um fim...
a noite sempre termina
e o sol quando nasce a tudo chega...
a tudo e a todos ilumina...
...até a mim!
Sónia Micaelo

* Poema inédito, oferecido pela autora ao Alpendre da Lua.