quinta-feira, 22 de março de 2012

Poema: A flor, a cor em a dor - por Olímpio Alegre Pinto

A flor, a cor em a dor

Só o suave veludo
Da pétala e da cor
De negro vermelho
Da rosa perfeita...

Da mais bela flor !...

Faz preito !

Em lágrima de orvalho...
Com incenso sentido...
Em íntima dor...
Com orgulho contido...

E é par da excelsa flor...

Do cardo
De púrpura vestido...

- A mais nobre cor
Do manto que cobre
O soldado caído
Por Honra morrido
Exangue de seu sangue
De púrpura sofrido !

Olímpio António Alegre Pinto
Junho de 2011