domingo, 19 de fevereiro de 2012

Notações: Palavras cruzadas e filosóficas* - por Olímpio Alegre Pinto

O Pensador -Rodin
ESPECTRAL.
Olhar, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema luciferístico! Uma sociedade sem Visão, é como um planeta sem Sol.

CONEXIONALIDADE
Ler, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema relacionalístico! Uma sociedade que apenas lê, é como um neurónio sem sinapses.

PANEGÍRICO
Pode ser defeito, admite-se, mas ele é diferente - tem uma mania: nunca "tece elogios"! - Constata factos, aprecia atitudes, acções e palavras, e, sobre eles, pode, querendo, emitir uma opinião.

Res, non verba!
Cantar, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema operacional! Uma sociedade só de cantadores, é como uma ópera sem música nem maestro.

Correspondencionalidade fonologística
Escrever, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema da correspondencionalidade fonologística! - VÃO haver acordes sucessivelmente sucessives para a implementação prospetiva da adequada substitucionalidade adequística nos termes e verbes tais come: caxa por caixa; baxa por baixa; òtubro por Outubro; òvistes por ouviste; gànhô por ganhou; pòpô por poupou; veija por veja; cereija por cereja; inveija por inveja... ... òseija: é assim! Prontos!! - "èsstamoss pènètrãndo nàss tèrrass inòsspitass do pòrtchuguêss vèrnàculìsstico, ondi jàmàiss à mão do Càmõess pôsso pé!

demo
Democracia, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema pastoral! Uma sociedade "democrática" é como um rebanho sem cão nem pastor, ludibriado por uma alcateia cúpida e verborreica de tosquiadores.
(Pergunta inocente do editor: Quem escolhe o pastor e adestra o cão?)

Circo
Política, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema político! Uma sociedade sem "políticos", é como um circo sem palhaços!

Erótico
Sexo, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema erótico! Uma sociedade sem êros, é como um reprodutor sem tesão!

Cacofonias
Falar, é importantíssimo! Grave, porém, é o problema do silêncio! Uma sociedade sem silêncios é como um jardim zoológico só com papagaios!

ABSOLUTO
Ele respondeu:
É! É assim!... Há pessoas diferentes!
Para alguns, muito poucos, a totalidade não chega… só o absoluto importa! São estes, os “apaixonados intensos”, perfeccionistas de clara mente, insatisfeitos, idealistas, visionários, utópicos, arrebatados,
extremados, indómitos, sofredores que sofrem e fazem sofrer, que se aprazem e que dão prazer, orgásmicos no Coração e no Pensamento, que não vivem na Terra, nem sequer no Firmamento, que podem matar, mas primeiro morrer… são estes, são os primeiros, são só estes… que, à mediocridade, importa abater!
- Anátema original!

VOLÚPIA
Só o exercício da Desobediência é tão inebriante quanto o exercício do Poder.

"Escrito na pedra" - (transcrição)
"Há épocas de tal corrupção, que, durante elas, talvez só o excesso do fanatismo possa, no meio da imoralidade triunfante, servir de escudo à nobreza e à dignidade das almas rijamente temperadas."
Alexandre Herculano
(1810-1877)

Olímpio Alegre Pinto
* Tíulo da responsabilidade do editor.

4 comentários:

Anónimo disse...

Fantástico!

João Afonso disse...

Digno de ser lido e relido.

Anónimo disse...

Vale a pena ler e reler

Sónia M. disse...

Fantástico este texto!