sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Anotação do Tempo: A ideia cristalina dos dias...


A ideia cristalina dos dias…

A ideia cristalina dos dias
a sombra e a luz do teu rosto
no instante do meu afago
exacto o teu olhar
a desvendar-me
a alegria descontrolada da descoberta
e os teus cabelos negros, cheios,
na onda do vento
a entrelaçarem-se nos meus dedos.
Eterna, a preto e branco,
a fotografia que enviaste,
luz de estátua, parada no tempo
do meu encantamento.

Alexandre de Castro