quarta-feira, 7 de julho de 2010

Anotação do Tempo: Nem sempre foi assim...



Nem sempre foi assim…

Nem sempre foi assim
quando tudo entre nós ficava branco
tu passavas o tempo nos meus braços
a contar os barcos que saíam para o mar
e gostavas de imaginar outros horizontes
a vida está sempre a mudar, dizias-me,
e eu sabia que nada mais te poderia dar
além do quarto alugado onde dormíamos.

Alexandre de Castro