quarta-feira, 30 de junho de 2010

Anotação do Tempo: Mulher entrando no Café Nicola



Mulher entrando no Café Nicola


A beleza desceu ao café Nicola,
contigo,
em cambiantes de azul,
desfazendo o cinzento da gente
que por ali circula
fez-se silêncio
quando entraste
apagaste as sombras e as penumbras
dos cantos e das esquinas
e a luz explodiu
nos nossos olhos deslumbrados
a recordar o esplendor 
de iluminuras antigas.

Alexandre de Castro

Lisboa, Agosto de 2004